Início do Candomlé em BH

Raimundo Bispo Moreno ou Raimundo “Caitumba”, como era conhecido, filho de “Oxalá”- Alufabomin, era filho de santo de MANEZINHO SANADO e neto de Severiano, com raízes no e Engenho Velho, todos na Bahia. Em 1946, Caitumba veio de Salvador para Belo Horizonte, ficando na casa de Ildeu Amaro da Silva, o conhecido Odorico, que na época era considerado o melhor terreiro de Umbanda de Belo Horizonte e talvez de Minas. Naquela ocasião a Umbanda tomava grande impulso, com abertura de vários terreiros, como os de Antônio Camelo, de João Gualberto de D. Carola, do Raimundo Camelo, do Didi, do Geraldo Araújo, do Walter Pimentel, do Nelson Mateus e outros. 

Geralda Silva, hoje conhecida por Yaterê, era mãe pequena do terreiro de Odorico onde conheceu Caitumba, este achou que ela precisava fazer obrigação no Santo, ele já com saúde bastante abalada, saiu da casa de Odorico indo para a casa de Yaterê, dando um bori. Caitumba recomendou a Yaterê, caso seu falecimento, esta fosse a Salvador e procurasse  FRANSCISCA SANTANA, DAZEBI DE ABALUAIÊ, ou ainda Chica de Mineiro, como era conhecida, no bairro da Liberdade. Caitumba faleceu no dia 29 de outubro de 1961 e Yaterê foi a salvador procurar Daxê casa da qual ele era considerado pai pequeno. Daxê, era filha de santo de Maria Bernardinha de Sena a “YALORIXÁ BOIVI” feita em cachoeiras por volta de 1920. Em 1964, Daxê veio de salvador para a casa de YATERÊ trazendo consigo um filho de santo de nome CARLOS RIBEIRO DA SILVA, “Alojucan” de Oxossi. Aqui ele foi até a Pampulha assistir a festa de Yemanjá promovida pela Federação Espírita Umbandista do Estado de Minas Gerais e ficou entusiasmado a ponto de pedir a sua mãe Daxé, permissão para permanecer aqui e fixar residência, no que foi autorizado.

Daí, ele construiu a primeira Roça de Candomblé Keto no bairro São Benedito em Santa Luzia, naquele mesmo ano. Este terreiro foi transferido no decorrer dos anos, para vários bairros e hoje se encontra instalado no bairro Aarão Reis, onde alojucam tem para mais de cento e cinqüenta filhos de santo; por tanto este foi o primeiro candomblé a funcionar legalmente em Belo Horizonte, mas a primeira em sua nação. Por tanto Alojucan no Keto e Nepangi no Angola foram as primeiras roças de Candomblé em nossa capital. Dos anos 46 a 70, Yalorixás, ogans e Babalorixás contribuíram aqui para o crescimento do candomblé, o Durval da Darcy Pararace de Cachoeira-Ba, Ogans Luiz de cachoeira,o Tidinho conhecido como Aristides de Juremeiro e outros.

Atualmente existem candomblés com diversas origens, como o do Marco Antônio, o do Simaozinho, netos de Dewanda o Miguel Grosso, já falecido, o do Nozinho de Oxossi, neto de Zezinho Boa viagem, com quem tirou a mão de vumbi de seu pai Rodolfo de Abaluaiê, o Cecília Tabaladê, filha de Camarão o Otávio Pedra Preta de Salvador hoje em São Paulo e outros. Voltando ao candomblé de Alojucan, o Carlos de Oxossi, com a morte de sua mãe de Santo Daxebi, tirou a mão de vumbi com a yalorixá LIDIA QUEIROZ DOS ANJOS, filha de Oxalá, cujo orunko é Badaquenum, filha de santo de Ciriaco e mãe Gijal a aleluia. Isto em santo amaro na Bahia. Dos filhos de santo de Alojucan, são estes os que possuem candomblés.

Babalorixá José Lisboa

Texto Início do Candomblé em BH, extraído do Jornal Tribuna de Xangô edição de 2006.

Anúncios

2 Responses to Início do Candomlé em BH

  1. ogan robson bh disse:

    Agradeço muito ao meu finado pai José lisbôa por ter nos ensinado a amar o candomblé. Ai de mim se não existir- se o candomblé. Nele aprendi que nós não morrer-mos e tem vida do outro lado. -Pena que em bh o povo do candomblé não respeita muito os antigos do candomblé e não esta tendo aquele respeito que era antes. (Todos repeitavam a casa dos outros e ia pela fé e hoje vão pela cerveja).

  2. bimba disse:

    o candomblé e uma religião muito forte e frequentada no Brasil mas infelismente tambem é descriminada.por pessoas ignorantes,sem informaçao e sem cultura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: